Está em dúvida entre Policarbonato e Polipropileno? Confira 5 aspectos que os diferem!

Na hora de escolher o material utilizado na cobertura de um projeto, é comum que surjam dúvidas.

Uma questão frequentemente abordada é sobre a escolha entre telhas de policarbonato e polipropileno, já que os dois aparentam ter características e benefícios semelhantes. Mas, não é bem assim!

Por isso, preparamos um artigo com todas as informações necessárias para sanar sua dúvida.

Vamos fazer um comparativo entre elas, dividindo-as em 5 aspectos:

1-Composição

O Policarbonato é um termoplástico (moldável quando aquecido) constituído por ácido carbônico e poliéster linear. Enquanto o Polipropileno é constituído a partir da polimerização do gás propeno, formando uma espécie de resina plástica.

2-Resistência

O policarbonato foi criado para alcançar grande resistência, tanto que, não raramente, é usado em blindagens de carros, indústria elétrica e eletrônica. Sua composição promove inerente firmeza, suficiente para resistir a impactos e retardar chamas.

O Polipropileno também oferece propriedades de resistência à temperatura, à fratura por flexão e tem bom desempenho em estresse químico.

Por fim, podemos dizer que para atender as necessidades que uma cobertura pede, o policarbonato fica em primeiro. Sua resistência a impactos é considerada alta enquanto a do polipropileno, moderada.

3-Aplicação

Por conta de sua resistência, o Policarbonato é utilizado em uma ampla gama de produtos, que vão desde tupperwares até blindagem de carros. No entanto, sua aplicação mais usual são coberturas, pergolados, estufas, clarabóias e telhas, por exemplo.

As aplicações mais comuns do polipropileno são: embalagens, cadeiras plásticas, autopeças, materiais hospitalares como seringas de injeção, e pode ser usado em telhas.

4-Translucidez

É fato que os dois materiais são conhecidos, também, por preencher o ambiente com luz natural.

Entretanto, o grau de translucidez deles não é o mesmo:

O policarbonato permite a passagem de aproximadamente 89% da luz.

Enquanto o polipropileno, por volta de 70%.

5-Custo-benefício

Quando comparados, o Polipropileno é a opção mais barata. Porém, a durabilidade do Policarbonato é maior.

Agora que você já conhece as especificidades de cada um, esperamos que fique fácil colocar as opções na balança e optar por qual atende melhor o seu projeto.

A Polysistem é especialista em soluções de Policarbonato, fique à vontade para conversar com nossa equipe!