Policarbonato x acrílico: qual é a melhor escolha?

Na hora de realizar um projeto, é bastante comum surgir a dúvida de quais materiais são os mais apropriados para serem utilizados na obra. O policarbonato e o acrílico, por exemplo, são dois produtos constantemente escolhidos para servir tanto como coberturas, como em divisórias que permitem um layout mais moderno, em grande parte das vezes substituindo o vidro. Mas, na hora de escolher entre policarbonato e acrílico, qual é a melhor escolha para atender as necessidades de um projeto? Mostraremos no texto a seguir.

Para entender melhor sobre o assunto, é preciso saber que ambos possuem a mesma matéria-prima: o plástico. São materiais transparentes, com boa resistência e pesam bem menos que o vidro. Eles também são expostos a altas temperaturas para que possam ser moldados, chegando ao resultado final desejado pelo cliente. 

Layout

Se o acrílico se mostra uma escolha bastante favorável para substituir o vidro em alguns ambientes, o policarbonato por sua vez consegue se adaptar melhor aos diferentes layouts, podendo ser transformado nos mais diversos formatos. Além disso o acrílico, por ser um material mais delicado, acaba se tornando mais fácil de lascar, enquanto o policarbonato, por ser produzido em diversas folhas flexíveis, mostra-se mais resistente a riscos.

Segurança

No que se diz respeito à segurança, o policarbonato tem a vantagem de ser mais resistente a altas temperaturas (chegando a aguentar até 115°) e também a impactos, sendo utilizado até mesmo para blindagens, já que consegue ser resistente a tiros. O acrílico, por se tratar de um material mais sensível, não consegue suportar altas temperaturas e nem proteger o ambiente contra os raios solares.

Sua vantagem também é visível quando utilizada como coberturas nos projetos. O policarbonato é 200 vezes mais resistente que o vidro e cerca de 50 vezes mais resistente que o acrílico, suportando tempestades, chuvas de granizo e até mesmo vendavais intensos.

Custo x benefício

Apesar de o custo do acrílico ser mais baixo, devido a sua sensibilidade, as manutenções acabam sendo mais frequentes e sua vida útil sendo menor, fazendo com que o custo final seja maior. O policarbonato, por sua resistência e baixa necessidade de manutenção, acaba sendo um melhor investimento a longo prazo, durando por vários anos e conseguindo manter-se com o mesmo visual.

Se o policarbonato é a escolha ideal para o seu projeto, entre em contato com a Polysistem e faça já o seu orçamento!