Policarbonato e Reciclagem

 O mundo está se reinventando e a preocupação com o meio ambiente tem se intensificado (ainda bem!). 

O policarbonato está presente no mercado brasileiro há mais de 20 anos e tem sido o queridinho em grandes projetos por sua versatilidade e flexibilidade.

Muito além disso, quem opta por usar o policarbonato se depara com três benefícios que são difíceis de esquecer:

1 – Otimiza a passagem de luz, reduz a iluminação artificial e, consequentemente, o gasto de energia;

2 – É durável e super resistente;

3 – É reciclável.  

Por contar com um alto grau de transparência, a cobertura ou superfície de policarbonato é perfeita para ambientes escuros ou com baixa luminosidade. Como a luz natural pode ser utilizada por quase todo o dia, consequentemente, os dígitos da sua conta de luz só tendem a baixar. 

As placas de policarbonato contém um polímero que é resistente ao calor e à luz. Seu revestimento único garante que as superfícies não sofram com a exposição ao sol e isso proporciona maior durabilidade ao material. 

Quando precisar trocar ou renovar a superfície, depois de muitos anos da primeira instalação, você poderá dormir tranquilo sabendo que o material pode ser reciclado e reutilizado. Existem empresas especializadas na reciclagem do policarbonato. Normalmente, a reciclagem acontece por meios químicos ou mecânicos.

Para sanar a curiosidade: o processo de reciclagem por meio mecânico envolve as etapas de seleção, moagem, lavagem, secagem, aglutinação e reprocessamento. Já no processo químico, nosso super material passa por uma despolimerização, que consiste em reverter um polímero para um monômero (polímero de menor peso molecular).

Segundo um estudo de reciclagem de materiais, publicado na Revista Materia da UFRJ em 2008, o policarbonato reciclado apresenta resistência bastante similar ao material virgem. Isso mostra que a opção sustentável pode ser usada com segurança em um novo produto. 

Incrível, não é? 

Lembre-se que o descarte das placas deve ser realizado de forma cuidadosa e consciente. 

O futuro conta com a gente!